quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

O QUE É ENFISEMA PULMONAR

O enfisema é uma doença respiratória na qual os pulmões vão perdendo elasticidade, ocorrendo a destruição dos alvéolos, que são o local onde existe a troca de oxigênio. Este processo acontece gradualmente e, por isso, na maioria dos casos os sintomas demoram a ser notados.
Os sintomas mais comuns do enfisema costuma surgir após os 50 anos de idade, e incluem:
  • Sensação de falta de ar;
  • Chiado no peito;
  • Tosse persistente;
  • Dor ou sensação de aperto no peito;
  • Dedos das mãos e pés azulados.
A falta de ar é o sintoma mais comum, que aparece e piora gradualmente. Assim, nas fases iniciais, ela surge somente quando a pessoa faz esforços intensos e, à medida que a doença piora, pode surgir até durante o repouso. Uma boa forma de avaliar esse sintoma consiste em avaliar se existem atividades que causam mais cansaço do que antigamente, como subir escadas, fazer uma caminhada ou correr atrás do ônibus, por exemplo.
Já nos casos mais graves, o enfisema pode até interferir na capacidade de fazer atividades diárias, como tomar banho ou caminhar pela casa, e, ainda, causar falta de apetite, perda de peso, depressão, dificuldade para dormir e diminuição da libido.
Sinais e sintomas de Enfisema Pulmonar

Porque acontece e como evolui

O enfisema, geralmente, surge em pessoas fumantes e pessoas expostas a muita fumaça, como pelo uso do forno à lenha ou trabalho em minas de carvão, por exemplo, pois são muito irritantes e tóxicos ao tecido pulmonar. Desta forma, os pulmões tornam-se menos elásticos e com mais lesões, o que causa perda gradual da sua função, por isso, normalmente só começa a apresentar os primeiros sintomas após os 50 anos.
Após os primeiros sinais, os sintomas tendem a agravar-se se não for feito qualquer tipo de tratamento, sendo que a velocidade de piora dos sintomas variam de pessoa para pessoa, dependendo de fatores genéticos.

Como confirmar o diagnóstico

Para identificar se os sintomas estão sendo provocados por enfisema é aconselahdo consultar um pneumologista para que ele avalie os sintomas e faça exames como raio X do tórax ou tomografia computadorizada, por exemplo.
No entanto, os exames podem mostrar resultados normais, mesmo quando se tem o problema e, por isso, caso isso aconteça, o médico pode ainda fazer testes da função pulmonar para avaliar as trocas de oxigênio no pulmão. 

FONTE: Tuasaude.com

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Tabela para saber o sexo do bebê

É possível saber o sexo do bebê, de forma simples e rápida, sem fazer exames, utilizando somente a tabela chinesa. Basta saber a idade da mãe e em que mês ela engravidou para usar este tipo de teste. No entanto, existem algumas considerações importantes que podem influenciar no resultado, como se a mãe nasceu antes de completar 9 meses de gestação ou se ela está grávida de gêmeos, por exemplo.

Como funciona a tabela chinesa para saber o sexo do bebê

Esta tabela funciona da seguinte maneira:
1) A mulher deve descobrir a sua idade lunar, que é a idade quando engravidou + 1, desde que não tenha nascido em janeiro ou fevereiro.
Por exemplo: Uma mulher que nasceu no dia 11/06/82, em 2012 completa 30 anos. Então, se ela engravidar neste ano, sua idade lunar será 31. Quem nasceu em janeiro ou fevereiro não precisa acrescentar +1 à sua idade, pois sua idade lunar é a mesma idade em que engravidou. Por exemplo: Uma mulher que nasceu no dia 29/01/85, em 2012 completa 27 anos. Se ela engravidar neste ano, sua idade lunar será 27, pois não necessita somar nada.
2) Basta saber em qual mês ela engravidou e verificar na tabela abaixo. Os quadrados azuis representam os meninos e os quadrados cor de rosa representam as meninas.
tabela chinesa sexo bebe
Algumas situações que deve ser levadas em conta são:
  • Quando a mãe nasceu antes da data prevista: Deve-se calcular a idade lunar de acordo com a data em que ela deveria nascer. Por exemplo: Se a mãe nasceu de 8 meses, nos meses de janeiro e fevereiro, ela deverá acrescentar + 1.
Outras formas de descobrir o sexo do bebê são através do exame de ultrassom, realizado durante o pré-natal, e através do exame de sangue chamado sexagem fetal, que leva em consideração a quantidade de hormônios na corrente sanguínea mas também é possível saber o sexo do bebê através do exame de urina que se compra na farmácia, veja: Teste para saber o sexo do bebê. Veja como fazer o teste de farmácia para saber o sexo do bebê em Intelligender.

fonte: tuasaude.com

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

PARA QUE SERVE O HORMÔNIO CORTISOL


O cortisol é um hormônio produzido pelas glândulas suprarrenais, que estão localizadas acima dos rins. O cortisol serve para ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, contribuir para o funcionamento do sistema imune e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial.
Os níveis de cortisol no sangue variam durante o dia porque estão relacionados com a atividade diária e a serotonina, que é responsável pela sensação de prazer e de bem-estar. Assim, os níveis de cortisol basal no sangue, geralmente, são maiores de manhã ao acordar, de 5 a 23 mcg/dL, e depois vão diminuindo ao longo do dia para 3 a 16 mcg/dL, sendo que em pessoas que trabalham à noite os níveis se invertem.
cortisol alto no sangue pode originar sintomas como perda de massa muscular, aumento de peso ou diminuição de testosterona ou ser indicativo de problemas, como a Síndrome de Cushing, por exemplo.
Já o cortisol baixo pode originar sintomas de depressão, cansaço ou fraqueza ou ser indicativo de problemas, como a Doença de Addison, por exemplo.

O QUE É A ÓCIOFOBIA

A óciofobia é o medo exagerado do ócio, sendo caracterizada por uma intensa ansiedade que surge quando há um momento de tédio. Este sentimento acontece quando se passa por um período sem afazeres, como ficar na fila de um supermercado, estar no trânsito ou, até, ao tirar férias, por exemplo.
Esta alteração psicológica tem sido defendida por diversos profissionais, por ser uma doença da atualidade, já que as pessoas estão sendo muito expostas a estímulos, principalmente vindos da internet, televisão e videogames, o que acontece mais a cada dia, e cada vez mais cedo ao longo da vida. 
Já outros profissionais defendem que esta é mais uma das formas de expressão da ansiedade generalizada, doença que causa preocupação exagerada e expectativa apreensiva. Seja qual for o exato motivo deste acontecimento, sabe-se que é grave e deve ser tratado, com psicoterapia e medicamentos para controlar a ansiedade, com orientação do psiquiatra, pois pode piorar e causar quadros depressão e síndrome do pânico, por exemplo.

sábado, 23 de setembro de 2017

Funções da Adrenalina e Noradrenalina

A glândula supra-renal é formada por dois tecidos embrionários diferentes, que originam duas partes da glândula: o córtex supra-renal e a medula supra-renal. Sendo assim, cada parte dessa glândula produz hormônios diferentes.
A Noradrenalina, também chamada de Noraepinefrina, é uma das monoaminas que mais influenciam o humor, ansiedade, sono e alimentação junto com a Serotonina, Dopamina e Adrenalina.


Esse neurotransmissor é um precursor da adrenalina, ou seja, ele aparece antes da adrenalina ser metabolizada. A noradrenalina também pode ser usada em casos de choque anafilático, de acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFF) a noradrenalina tem um efeito menos potente do que o da adrenalina.



A adrenalina é responsável por preparar o corpo para grandes esforços, ela acelera o coração e, em alguns casos, aumenta a força muscular da pessoa. Em casos de choque anafilático (uma crise alérgica que pode ser fatal) a adrenalina é injetada diretamente no coração do paciente para que o mesmo volte a respirar normalmente, pois a adrenalina ajuda a minimizar a reação
A adrenalina (epinefrina) é um hormônio (simpaticomimético e neurotransmissor) secretado pelas glândulas suprarrenais ou adrenais. Sendo um neurotransmissor excitatório, que é derivada da noradrenalina.

terça-feira, 18 de julho de 2017

CIRURGIA ORTOGNÁTICA: ENTENDA COMO FUNCIONA

Reportagem: Marcela Delphino - Edição: MdeMulher

Cirurgia ortognática é conhecida por modificar a posição do maxilar, queixo e gengiva
A cirurgia ortognática é conhecida por modificar a posição do maxilar, queixo e gengiva, alterando consideravelmente a fisionomia do paciente.
Na entrevista abaixo, Márcio de Moraes, coordenador do curso de pós-graduação em cirurgia bucomaxilofacial da Faculdade de Odontologia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), dá detalhes sobre o procedimento:

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Remédios para infecção urinária

Os antibióticos como amoxicilina, cefalexina, ciprofloxacino ou fosfomicina são exemplos dos remédios mais utilizados para tratar uma infecção urinária.
No entanto, quando os sintomas são muito intensos, o médico também pode aconselhar o uso do analgésicos Fenazopiridina, que pode alterar a cor da urina, deixando-a laranja, vermelha, azul ou verde, por exemplo.
A infecção urinária é um problema que causa sintomas de dor e ardência ao urinar, urgência urinária e cheiro desagradável, sendo geralmente causada por bactérias do intestino que chegam ao sistema urinário. Este é um problema que é mais comum nas mulheres, especialmente devido à proximidade entre a uretra e o ânus.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

CAMPANHA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UM MUSEU DE ANATOMIA - VAMOS AJUDAR!


Atualmente o projeto "Difusão da Anatomia Humana" que atende 10 crianças. E ela pretende aumentar esse projeto com a implementação de um Museu de Anatomia. Nós estamos no Norte Capixaba, uma região onde ainda predomina a desigualdade social, resquício da escravidão e do coronelismo. Este será o primeiro Museu destinado ao ensino de ciências da região, aqui nós pretendemos propiciar à comunidade um espaço totalmente interativo, onde será possível tocar as peças e conhecer o corpo humano por dentro. O espaço do Museu já existe e, com o valor arrecadado será possível adquirir modelos anatômicos que reproduzem os orgãos e sistemas do corpo como: esqueleto, torso, coração, pulmões, olho, ouvido, sistema nervoso, sistema digestório, fases do desenvolvimento etc. Nós teremos visitas guiadas pelos monitores (alunos da graduação em enfermagem) que irão usar estes modelos para explicar o funcionamento do corpo. Nós pretendemos criar o Museu de Anatomia e abrir as suas portas para a comunidade poder desfrutar de um espaço interativo que apresente a anatomia de forma surpreendente e instigante para crianças, jovens e adultos.
Roberta Paresque


vamos ajudar pessoal a realizar esse sonho!!!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

10 dicas para lidar com a menopausa

A menopausa é uma fase da vida da mulher que traz muitas e novas mudanças para o organismo, no entanto, existem 10 excelentes dicas para lidar com a menopausa:
  1. Comer alimentos enriquecidos em cálcio e vitamina D, como leite e ovos porque ajudam a fortalecer os ossos;
  2. Tomar chá de camomila ou salva, pelo menos, 3 vezes por semana, pois ajuda a restabelecer o equilíbrio hormonal do organismo;
  3. Fazer exercício físico regular 30 minutos por dia, como caminhada, hidroginástica ou Pilates;
  4. Passar creme hidratante com colágeno, como RoC Sublime Energy ou LaRoche Posay Redermic, para evitar rugas e pele seca;
  5. Beber cerca de 2 litros de água por dia, para manter a elasticidade da pele e evitar o ressecamento dos cabelos;
  6. Utilizar shampoo e cremes com colágeno, como Elseve Hydra-Max da L'Oreal, para reduzir a queda de cabelo e outros problemas capilares;
  7. Fazer jogos de memória, palavras cruzadas ou sudoku para estimular o cérebro;
  8. Dormir cerca de 8 horas por dia para evitar o excesso de cansaço e fadiga;
  9. Usar lubrificantes vaginais, como Vaginesil, Vagidrat ou Gynofit, antes e durante o contato íntimo;
  10. Evitar fumar, ter uma vida sedentária ou fazer uma alimentação rica em gorduras ou sal, para evitar problemas no coração.
Estas dicas ajudam a evitar os problemas mais comuns da menopausa, como osteoporose, fadiga, depressão, queda de cabelo e secura vaginal, aumentando o bem-estar, mas quando a mulher sente estes sintomas, que podem indicar o início da menopausa, deve consultar um ginecologista para avaliar a necessidade de fazer reposição hormonal e realizar os exames necessários para essa fase da vida.

Saiba como eliminar as hemorroidas para acabar com a dor

Para remover as hemorroidas internas ou externas, pode ser necessário fazer uma cirurgia, que está indicada para os pacientes que mantêm dor, desconforto, coceira e sangramento, especialmente ao evacuar mesmo após o tratamento com remédios, principalmente pomadas e dieta rica em fibras, por exemplo.
Existem várias técnicas para remover as hemorroidas, sendo a mais comum a técnica tradicional que é feita através de um corte para remover a hemorroida e, a recuperação demora entre 1 semana a 1 mês, sendo necessário ficar internado cerca de 2 dias no hospital e manter uma boa higiene da região intima durante o tempo de recuperação.

Tipos de Colesterol

O colesterol é um tipo de gordura presente nas células, fundamental para o bom funcionamento do organismo. No entanto, ter os níveis de colesterol total alto no sangue aumenta o risco de doenças cardiovasculares e, por isso, é importante que seus valores estejam equilibrados, o que pode ser conseguido com uma dieta pobre em gorduras e a prática regular de exercícios físicos.

1. Colesterol HDL

O colesterol HDL é conhecido como o colesterol bom. Ele é produzido pelo organismo, sendo fundamental para o bom funcionamento do corpo. Para aumentar os níveis de colesterol HDL no organismo, o que se deve fazer é emagrecer, adotando uma dieta pobre em gorduras e praticando exercícios físicos com regularidade. Ter o colesterol HDL baixo no organismo é prejudicial à saúde. O ideal é tê-lo sempre acima de 40mg/dl, pois o valores de referência do HDL são:
Colesterol HDL (bom)
Baixo: 
< 40 mg/dl para homens
< 50 mg/dl para mulheres
Ideal:
acima de 60 mg/dl
Saiba mais sobre o colesterol bom em: Colesterol Bom

2. Colesterol LDL

O colesterol LDL é o colesterol mau. Ele é considerado alto quando é igual ou superior a 130 mg/dL. Quando o nível de colesterol LDL está alto começa a haver deposição de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, formando placas de gordura que, com o tempo, podem dificultar a passagem do sangue e levar a um ataque cardíaco ou AVC, por exemplo. Para diminuir o colesterol LDL no sangue, deve-se seguir uma dieta pobre em açúcar e em gordura e praticar alguma atividade física pelo menos 3 vezes por semana. O valor de referência do LDL é de:
Colesterol LDL (mau)AltoBaixo (normal)Ideal
 acima de 130 mg/dlabaixo de 130 mg/dlabaixo de 100 mg/dl
Pacientes que têm outros fatores de risco associados para doença cardíaca, como diabetes, hipertensão, obesidade, precisam ter seu nível de colesterol LDL ainda mais baixo, próximo ou abaixo de 100mg/dl. 

3. Colesterol VLDL

O colesterol VLDL transporta os triglicerídeos e também aumenta o risco de doenças cardíacas. O valor de referência do VLDL é de:
Colesterol VLDLAltoBaixoIdeal
 acima de 40 mg/dlabaixo de 30 mg/dlaté 30 mg/dl

4. Colesterol Total

O colesterol total é a soma do HDL, LDL e do VLDL. Ter o colesterol total alto representa um risco elevado de doenças cardiovasculares e, por isso, seus valores não devem ultrapassar os 200 mg/dl. O colesterol total acima de 200 ainda não é muito preocupante, mas o indivíduo deverá reduzir a ingestão de alimentos ricos em gordura para evitar que o colesterol fique muito alto e seja prejudicial à saúde. Uma boa dica é reduzir o consumo de carnes vermelhas. Os valores de referência para o colesterol são:
Colesterol TotalIdeal: <200 mg/dl

Colesterol Alto

O colesterol alto é diagnosticado num exame de sangue chamado lipidograma já que ele não apresenta sintomas. Quando o indivíduo descobre que seu colesterol está alto, o que se recomenda fazer é seguir uma dieta pobre em gordura e em açúcar e praticar exercícios regularmente. Em caso de não resposta ao tratamento inicial, pode-se utilizar remédios para o colesterol, como as estatinas, sob orientação médica. Algumas dicas do que se pode comer para baixar o colesterol alto são:
  • Frutas, verduras, legumes, carnes magras, como peito de frango e filé de peixe e laticínios light. Um ótimo remédio caseiro para baixar a taxa de colesterol no sangue é tomar diariamente 1 copo de suco de laranja batido com berinjela
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...